Refogado Japonês de Hijiki com Cenoura e Shiitake | Segunda Sem Carne

Aproveitando que hoje é segunda, dia do movimento segunda sem carne, e que eu tinha uma alga hijiki aqui na despensa, resolvi fazer algo japonês, vegano e delicioso para o jantar.

Um adendo: vou usar hijiki no feminino porque é uma alga, mas muitas pessoas usam no masculino. Como é uma palavra em japonês, sempre vai rolar uma interpretação, mas acredito que as duas formas estejam corretas.

+ Conheça a The Oatery, a nova casa da Quaker dedicada a pratos feitos com aveia +

Se você não conhece, a alga hijiki é muito consumida pelos japoneses e pode ser encontrada em lojas de produtos orientais. Vendida seca, a hijiki é muito saudável e riquíssima em cálcio.

Buscando mais sobre ela, eu descobri que ela também pode ter muito arsênio, elemento que é perigoso para a saúde, mas li bastante e vi que para a quantidade de arsênio contida na hijiki fazer mal, você teria que consumir toneladas da alga de uma vez. Então não se preocupe! Pode comer tranquilo e aproveitar os benefícios que ela traz.

Adicionei também wakame, outra alga marinha muito saudável e que fica uma delícia neste prato. Dá para fazer também só com uma das duas, fica bom do mesmo jeito.

Hoje está fazendo um dia nublado em SP e eu achei que esse prato combina perfeitamente com esse tempinho. Me pareceu um prato muito outonal, principalmente pela adição de shiitake.

Esse refogado pode ser um acompanhamento para o seu jantar, mas pra mim é só colocá-lo em cima de uma tigela de gohan (arroz japonês) quentinho para ter uma refeição deliciosa.

É saudável, é gostoso, é vegano e é muito fácil de fazer. Perfeito para começar a semana comendo bem, cheio de energia!

+ Quer saber onde comer comida japonesa em SP? Conheça o Ten Sushi +

Refogado de hijiki com cenoura e shiitake

hijiki

(Dá para quatro pessoas como acompanhamento)

Ingredientes:

  • ½ xícara de hijiki seco
  • 2 colheres (sopa) de wakame
  • 5 shiitakes
  • 1 cenoura
  • 2 colheres (sopa) de shoyu
  • 1 colher (chá) de mirin (saquê culinário, licoroso)
  • 1 colher (sopa) de saquê
  • 1 colher (sopa) de açúcar
  • 1 colher (sopa) de óleo vegetal de sua preferência
  • 1 colher (sopa) de gergelim
  • Sal a gosto

+ Mais pratos de inspiração japonesa? Que tal um hiyashi somen? +

Modo de preparo:

Hidrate a hijiki e o wakame em 1 ½ x´ícara (chá) de água morna por cerca de 40 minutos.

Enquanto as algas estiverem hidratando, corte a cenoura em bastões finos de cinco centímetros de comprimento.
Limpe o shiitake com uma escovinha ou papel toalha (atenção: nunca lave os cogumelos) e corte-o em tiras médias. Reserve.

Prepare o molho juntando em uma panela o shoyu, o saquê, o mirin e o açúcar. Misture bem e leve ao fogo para aquecer, sem deixar ferver. Retire do fogo e reserve.

Quando as algas já estiverem bem hidratada, escorra a água e aperte-as bem para tirar a umidade, deixando as algas o menos úmida possível.

Em uma panela, coloque o óleo e refogue a cenoura por uns dois minutos. Adicione o shiitake e continue refogando por mais uns três minutos. A cenoura deve continuar crocante.

Adicione então a hijiki e o wakame já drenados e o molho feito com o shoyu. Deixe cozinhar em fogo baixo por cerca de 10 minutos, mexendo sempre para não queimar.

Tempere com sal e sirva em temperatura ambiente, coberto com gergelim.

Um sabor diferente e muito gostoso. E se você nunca comeu algas marinhas, dê uma chance a elas. Já passou da hora de experimentar coisas novas!

Boa segunda sem carne para vocês!

Essa receita foi inspirada na original da Katie Okamoto, porém fiz minhas alterações e testei-a antes de postá-la aqui.

Que receita você quer ver por aqui? Deixe seu pedido na caixa de comentários.

Quando fizer essa receita, tire umas fotos e marque a hashtag #MagaliViajante. Você pode aparecer no Instagram do Magali!

hijiki alga

Veja mais receitas da Magali Viajante:

+ Mingau de polenta, amêndoas, coco e mirtilo
+ Biscoito de polvilho caseiro 
+ Torta de limão da Bela Gil

+ Abobrinha empanada com parmesão: um aperitivo rápido e delicioso

+ Pudim de doce de leite
+ Missi Roti: o pão indiano vegano que não consigo parar de comer
+ Bolo de limão siciliano e lavanda
+ Poke havaiano: como fazer
+ Canjiquinha cremosa com queijo sem desperdício
+ Bolo de banana da Bela Gil

 

Reserve o seu hotel por esse link do Booking. Você não paga nada a mais pela reserva e o Magali Viajante ganha uma pequena comissão, o que nos ajuda a continuar trazendo informações de viagens para você!

Compre o seu seguro de viagem pela Seguros Promo. Usando o código MAGALIVIAJANTE05 você ganha 5% de desconto na sua reserva.

Tenha internet ilimitada em qualquer lugar do mundo com a Easy Sim 4U.

Gosta do Magali Viajante? Então não esquece de seguir a gente em todas as mídias sociais. Tem conteúdo exclusivo para o FacebookInstagram,TwitterYouTubeBlogLovin e Pinterest. Segue lá!